quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Por onde anda... Antônio Dariva e seu Motor DMEC a ar comprimido?




Da descrição do vídeo do Youtube:

"O técnico mecânico com experiência a mais de 45 anos em motores de combustão interna, o Sr. Antônio Dariva(Pedro), leva a sério sua invenção:

Um motor que funciona com AR COMPRIMIDO, sem uso de combustíveis tradicionais e capaz de se auto-abastecer. O equipamento é apontado pelo seu criador como o novo paradigma em motores, que tem como sigla "MCI" Motores de Compressão induzida.

Tudo começou há mais de 25 anos, quando Dariva teve a idéia de usar AR COMPRIMIDO para mover os pistões de um motor.

O motor a combustão interna funciona por causa do aumento de pressão, então analisou que, se usasse outro produto para provocar essa mudança de pressão, seria possível fazer o mecanismo funcionar sem jogar puluição no ar e desacelerando o aquecimento global.

Site oficial: http://www.dmec.com.br"

Desde então, o site está naquela incômoda fase de "Aguarde...", afinal nós conhecemos muito bem o que acontece com um inventor brasileiro e com um inventor de algo revolucionário... Imagina então com um inventor brasileiro de algo revolucionário.

A notícia mais recente partiu cerca de um ano atrás de um usuário do Youtube conhecido apenas como Henriabreu77 :
"Trabalho com o Sr. Dariva e posso garantir que o projeto está bem avançado."

Será?

Ou o Sr. Dariva será mais um Gênio desperdiçado no Brasil?

O tempo será o juiz... Rezemos para que pelo menos esse talento não seja desperdiçado.

EDIT: O banqueiro Flávio Pentagna Guimarães, dono do Grupo BMG (Sim, aquele dos bancos de crédito) comprou parte da empresa que está a produzir o motor, ou seja: Não será desta vez que haverá desperdício. Lendo o texto (parte aqui, parte aqui), se vê que o cara está engajado em aproveitar invenções de todas as partes para os mais variados fins. Caras assim deviam ser Presidentes da República.

6 comentários:

Diego Brito disse...

Gênial a invenção do senhor Dariva, pena que ainda não temos produção em massa!

Pedro Jungbluth disse...

o que ele propõe é no mínimo piada.
Ou ele é um gênio, ou um ignorante que desconhece princípios básicos sobre física. Se ele estiver certo sobre a teoria dele, Newton estava errado, Einstein estava errado, Lavoisier estava errado...
O que ele propõe desafia até a lógica. É como dizer que para acabar com a sede, basta cuspir num copo e sempre terá o que beber... Energia não se produz do nada. Aliás, energia não se produz, apenas se transforma.

Carlos Leandro Pompeu disse...

Aos tradicionais Físicos de platão (quer dizer plantão) o inventor em nenhum momento relata que irá produzir energia, o que o mesmo propõe é a utilização do ar comprimido para gerar energia através dos pistões dos cilindros do motor, em vez da velha mistura de ar+combustível. Leia todo o material a respeito antes de emitir falácias. Este tipo de motor já vem sendo desenvolvido e testado em vários países, e é sim uma realidade, porém não uma necessidade atual para ser comercializado, pois ainda tem muito combustível fóssil para ser utilizado. Este desenvolvimento é do ano de 2007, ou cara agora tá morto ou vendeu e se aposentou.

Ravengar disse...

Pedro, ele não anunciou o moto-contínuo. O motor funciona com ar COMPRIMIDO, ou seja, armazenado em um tanque e sendo mandado para o motor trabalhar.
Eu vi o vídeo do motor trabalhando, e posso dizer que é uma descoberta revolucionária. Os gases saíam mais frios do que quando entravam no motor, formava até uma camada de gelo no cano de escape... E quase nada de barulho.
Com certeza, devem ter calado o cara e guardado a invenção dele em algum porão escuro, para que ninguém mais saiba do projeto. Uma pena...

Paulito disse...

será possivel achar senhor Doriva um endereço telefone e-mail ?

Pedro Jungbluth disse...

Ravengar, que besteira, ele não precisa chamar de moto perpétuo ara ser um. TODO ar comprimido ao descomprimir absorve calor, isso não é invenção do Dariva é um fenômeno conhecido, esse calor que falta no sistema é eliminado pelos compressores, o motor dele é uma redundância, fica carregando e descarregando ar e ele alega dados de rendimento mentirosos para arrecadar doações de ingênuos que vêem alguma revolução nisso. É o princípio de qualquer geladeira, ela joga o calor para a grade e assim absorve o calor interno do aparelho, refrigerando alimentos! Todo mundo sabe que TODA geladeira consome energia! Ela usa o mesmo princípio de liquefazer um gás e permitir que ele espanda, coisa que o próprio Dariva ainda não percebeu no seu "invento".

Energia apenas se transforma! Ninguém cria energia do nada! Ele não extrai energia entrópica, isso vai contra o conceito de entropia!
Ele não foi calado, os resultados práticos do invento dele calaram ele! Pobre de quem compra uma merda dessas pra fazer um gerador, imagina a manutenção desse monte de pistão que não serve pra nada!
Quando ele percebeu que o motor desligava sozinho depois de um tempo, teve a idéia "genial" de colocar dois cilindros queimando etanol, para dar a ilusão para os otários que compram que está gerando mais energia.
Um motor de dois cilindros a etanol é mais eficiente e fácil de manter porque não está ligado a um monte de carregador e descarregador de ar comprimido!